Tormento Eterno

Imagem

 

Num surto inquietante de sentimentos

Olho inesperadamente para o meu interior

Enxergo o caos que em mim reside

E todas as destruições causadas por esta dor

 

A árdua existência que antes apresentava

Já não atende aos meus lamentos incessantes

Dessa forma estou condenado

À uma vida desgraçada e consternante

 

Meu corpo se desfaz aos poucos

Como uma vela prestes a se acabar

Os olhos me lavam com sangue negro

Que não para de jorrar

 

A escuridão envolve-me violentamente

Apagando-me deste mundo

Extinguindo tudo a minha volta

Sentindo-me agora num poço sem fundo

 

No lugar onde antes existia um coração

Só há cinzas e destroços

Do que pra mim seria as últimas esperanças

De finalmente usufruir de sentimentos ociosos.

 

By: Aclahd Manson

Anúncios

2 Respostas to “Tormento Eterno”

  1. Obrigado por divulgar o poema! Muito bom o blog \m/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: